Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ArtesanatoCinda

HANDMADE

ArtesanatoCinda

HANDMADE

FITA (TIARA) PARA BEBÉ EM TRICÔ COM FLOR DE CROCHÉ

 FITA PARA CABELO DE BEBÉ

IMG_201704119_041825.jpg

Hoje trago-vos uma fita (tiara), para bebé em lã, e utilizei o tricô e o croché para a confeccionar.

 

Material

 

lã para bebé 

agulhas de tricô nº 3,5

agulha de croché nº 2

agulha de tapeçaria

 

Confecção:

Fita (tiara)

Colocar 10 malhas na agulha de tricô.

Fazer uma malha em meia a seguinte em liga (tricô), e repetir esta sequência meia - liga até ao final da carreira. 

Na carreira seguinte fazer da seguinte maneira: se a carreira debaixo foi meia agora faz liga (tricô). Fazer sempre os pontos contrários, - liga - meia- liga -meia.

Fiz por aproximadamente 34 cm de comprimento o ponto de arroz.

Costurei e franzi.

 

IMG_201704119_041921.jpg

Flor 

Fiz uma correntinha de 5 pontos e fechei para que fica-se uma argola. Subi com 3 correntinhas, que contou como um ponto alto, fiz mais 2 pontos altos e 2 correntinhas e fechei na argola. Fiz assim a primeira pétala da flor. Repeti da mesma sequência por mais 3 pétalas e arrematei com ponto baixíssimo. De seguida fiz 3 correntinhas e por detrás de cada ponto baixo das pétalas prendi em ponto baixíssimo, ficando assim mais 4 correntes. Subi 3 correntinhas e repeti o mesmo processo da carreira das pétalas mas agora levou 3 pontos altos.

O procedimento é sempre o mesmo, com um aumento de mais 1 ponto alto em cada carreira de pétalas.

Após as 4 carreiras de pétalas, arrematei e costurei a flor na fita (tiara).

Espero que tenha sido clarecedor esse post, e que consigam fazer bons trabalhos.

IMG_201704119_103148.jpg

 

IMG_201704119_041825.jpg

 

 

CARAPIM MODELO T E FITA (TIARA) PARA BEBÉ EM TRICÔ

IMG_20170327_095614.jpg

 

IMG_20170327_095754.jpg

Hoje trago-vos um carapim (sapatinho) modelo T em tricô. Pode encontrar esta receita num post publicado anteriormente, com o mesmo nome.

Neste conjunto apliquei um pompom.

O pompom para este carapim (sapatinho), fiz da seguinte maneira:

- com um garfo (porque o pompom é muito pequenino) como medida. Enrolei umas 30 voltas aproximadamente e prendi com uma ponta de lã e fiz um nó bastante apertado. Aparei as pontinhas da lã e coloquei-o com a ajuda de uma agulha de croché, e dei uns nós na lã.

 IMG_20170327_095708.jpg

A fita (tiara) fiz da seguinte maneira:10 pontos na agulha, e a primeira e restantes carreiras em ponto liga (tricô), por aproximadamente 33 cm de comprimento.

Costurei as extremidades e franzi.

Por último apliquei um pompom igual ao do carapim (sapatinho).

Assim ficou um lindo conjunto de menina.

Espero que tenha sido esclarecedor este post, e tenha gostado.

Bons trabalhos.

IMG_20170327_095614.jpg

 

CARAPIM (BOTINHA) PARA BEBÉ EM TRICÔ - MODELO LEQUE

 

FB_IMG_1490304719492.jpg

Estes carapins (botinhas), são ótimos agasalhos.

Carapins (botinhas), para mim são peças tão queridas e, quando estou com um trabalho desses em mãos, sinto uma infinita doçura por ele.

Hoje vou descrever como fiz este carapim (botinha), qualquer pessoa pode fazê-lo, mesmo que tenha pouca experiência, pois é muito simples.

 

MATERIAL

 

Lã para bebé - duas cores á escolha

Agulha de tricô 3,5

Agulha de tapeçaria 

 

Este par de carapins (botinhas), as medidas são para bebés dos 6-9 meses. Podem ser feitos para qualquer idade, é só diminuir ou aumentar o número de malhas.

Colocar 30 malhas na agulha de tricô. 

Fazer a carreira a seguir toda em liga (tricô).  

Continuar a fazer o mesmo ponto, por um total de 66 carreiras. Terminadas essas carreiras ficamos com um de ponto musgo.

Agora arrematamos 12 malhas e trocamos a cor da lá. Fazemos 18 malhas de liga (tricô), viramos o trabalho e mais 3 carreiras iguais.

Na próxima carreira trocamos a lã para a cor inicial e fazemos as 18 malhas da seguinte maneira: pelo lado direito do trabalho fazemos 5 carreiras em ponto meia e 3 carreiras em ponto liga (tricô) pelo avesso.

Continuamos este processo por um total de 5 trabalhos de relevo em ponto musgo, e 4 trabalhos de relevo ponto meia. Arrematamos o trabalho e está pronto a ser costurado.

Costuramos a sola do carapim (botinha), e a parte do relevo com a lateral do .

Em ponto de alinhavo franfrir o peito do pé.

Fazemos 2 cordões pelo tamanho desejado e prender na parte detrás do carapim (botinha) com um pequeno ponto de costura. Nestes cordões coloquei uma pérola nas extremidades.

Espero que façam um bom trabalho. 

Se gostaram, por favor inscreva-se no meu blogue, para poder receber outras publicações.

FB_IMG_1491510848835.jpg

BONS TRABALHOS 

 

GORRO E CACHECOL DE CRIANÇA EM CROCHÊ

FB_IMG_1492532699061.jpg

 Como o tempo ainda convida ao uso de agasalhos, vou deixar aqui mais uma receita, mas desta vez de um gorro e um cachecol de lã feito em croché.

Podem visitar pagina :

https://www.facebook.com/ArtesanatoCinda

 

MATERIAIS:

- lâ 

- agulha nº4

 

RECEITA

 

GORRO

 

FB_IMG_1492532666642.jpg

 - 5 correntes, e faz-se um circulo

1ª carreira - 20 pontos altos dentro do circulo

2ª carreira - 1 ponto alto, 1 ponto relevo (o ponto relevo é feito a apanhar o ponto que está na carreira debaixo a meio). Repete-se até ao fim da carreira;

3ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, seguido de 2 pontos altos. Repete-se esta sequencia ate ao fim da carreira.

4ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, 1 ponto alto em cima de cada ponto alto da carreira debaixo;

5ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, 2 pontos altos em cima nos pontos da carreira debaixo mais 1 ponto alto a seguir, e repete-se até ao final da carreira;

6ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, e 3 pontos altos em cima dos pontos altos da carreira debaixo,e repet-se até ao final da carreira;

Faz-se de seguida 6 carreira iguais á 6º até chagar á barra do gorro.

Assim a carreira da barra é:

1ª - carreira - 9 meios pontos e no 10º pontojunto com o anterior para formar 1 ponto só e ficar uma diminuição. Este processo repete-se até ao fim da carreira.

Faze-se mais 3 ou quatro carreiras em pontos meio.

 

FLOR 

 1ª - 5 correntes

2ª - 16 meios pontos

3ª - faz-se 3 correntes, conta-se 3 pontos da carreira debaixo e fecha-se com ponto baixo

4ª - dentro da correntinha da carreira de baixo faz-se 1 ponto baixo , 3 pontos altos e 1 ponto baixo. repete-se este processo em toda a carreira

5ª - faz-se 4 corrente e prende-se no espaço baixo da carreira debaixo por detras da mesma, reperte-se até ao final da carreira

6ª - dentro da correntinha faz-se, 1 ponto baixo, 4 pontos altos e 1 ponto baixo,Repete-se até ao final da carreira.

remata-se, e temos a flor pronta.

 

 

CACHECOL

 

FB_IMG_1492532684295.jpg

1ª - Corrente com 24 pontos

2ª - carreira, 20 meios pontos

3ª - carreira, toda em pontos altos

4ª - carreira, 3 pontos altos 1 ponto relevo, repete-se até ao fim da mesma forma

5ª - carreira, 3 pontos altos  1 ponto relevo, mas apanha-se o ponto debaixo pelo avesso, repete-se até ao final da carreira

Repetem-se as carreiras até ao tamanho desejado

6ª - carreira, em ponto alto

7ª - carreira, 2 carreiras em meio ponto.

 

thumbnail_IMG_1068.jpg

 

CARAPIM (BOTINHA) PARA BEBÉ EM CROCHÉ

IMG_20170411_190311.jpg

O meu gosto pelo artesanato aumentou em grande escala, e fazer croché é um dos meus trabalhos preferidos. Fazer carapins (botinha) para bebé é coisa que estou a adorar. Hoje vou tentar mostrar-vos todos os passos a seguir, até à conclusão deste carapim (botinha) com uma linda apresentação para dias especiais.

 

MATERIAL:

 

lã para bebé

agulha 1,75 de crochê 

 

CONFECÇÃO 

 

Fazer um cordão com 14 pontos, contar 3 correntinhas e na 4ª fazer um ponto alto em todas as argolilhas. Na última argolinha faz-se 8 pontos altos e 1 ponto alto em cada ponto alto da carreira de base mais 8 pontos no fim da carreira.

 

Devem ficar 8 pontos de aumento em cada ponta da solinha.

Na próxima carreira faz-se 3 correntinhas, que vai ser o 1º ponto alto. Fazer ponto alto até ao fim da da carreira. Onde tem 8 pontos de aumentos faz-se 2 pontos alto em cada ponto alto da carreira debaixo. 

IMG_20170411_143640.jpg

Fazemos 2 argolinhas que vão contar como 1 ponto meio alto. Nesta carreira fazemos 1 ponto meio alto para cada ponto da carreira debaixo.

IMG_20170411_144727.jpg

Terminada a carreira de ponto meio alto fazemos 3 argolilhas que vai contrar como 1 ponto alto, e toda a carreira é feita com um ponto alto em cada ponto da carreira debaixo. Esta carreira tem uma particularidade, os pontos devem ser apanhados na argolinha por trás do ponto e vai ficar assim, com efeito de relevo. Fazer mais 2 carreiras de ponto alto sem qualquer aumento, mas a apanhar os pontos nas 2 argolilhas pela frente do ponto debaixo.

IMG_20170411_151257.jpg

Terminadas estas carreiras, vamos passar para a 1ª carreira das diminuições. Faço 3 argolilhas e conto como 1 ponto alto desta carreira. Continuar a carreira com ponto alto até ficar na posição de 8 pontos de cada um dos lados, e em cada 2 pontos da carreira debaixo fazer a redução para 1 ponto alto, continuar até ao fim da carreira 1 ponto  alto no ponto alto da carreira debaixo do Carapim (botinha). Na próxima carreira subo com 2 correntinhas e faço ponto baixo até 2 pontos anteriores às das diminuições da carreira debaixo e começo a diminuir 2 pontos altos juntos até depois de 2 pontos altos da carreira debaixo. Continuar até ao fim da carreira sempre em ponto baixo.

A próxima carreira é feita em ponto baixo, e na posição de 2 pontos antes dos pontos que fazem a diminuição da carreira debaixo fazer 1 diminuição em ponto baixo; fazer mais 1 diminuição de 1 ponto baixo nos 2 pontos depois das diminuições da carreira debaixo. Fazer sempre ponto baixo até ao final da carreira.

IMG_20170411_155532.jpg

 A próxima carreira é aquela onde passará a fita. Fazemos 1 correntinha de 4 pontos, contamos 1 ponto da carreira debaixo e fazemos 1 ponto alto, 1 correntinha, espaço de 1 ponto, mais 1 ponto alto. Repetimos este processo até ao final da carreira. Fica deste modo toda a carreira com buracos onde vai passar um cordão. 

No quadrado debaixo fazer 1 ponto baixíssimo dentro do espaço da carreira debaixo, 2  correntinhas e 2 pontos altos juntos, 1 argolinha, no quadrado seguinte 3 pontos altos juntos, repetir até ao final da carreira.

IMG_20170411_163106.jpg

A última carreira é a do picotado. 

Faz-se uma correntinha de 3 pontos, prende-se no 1º ponto da correntinha com 1 ponto baixíssimo, 1 ponto baixo, e repetir esta sequência até ao final da carreira.

No de bordo da solinhas do carapim (botinha) o mesmo processo de picotado.

IMG_20170411_170457.jpg

Fazer um cordão com 80-100 correntinhas e passar no espaço do passa fitas.

IMG_20170411_190200.jpgEspero que que este post vos tenha ajudado, e se gostou por favor faça a sua subscrição, e assim estará sempre a par de novas publicações. 

Bons trabalhos. 

DICAS DE ECOMONIA - 52 SEMANAS

 

 

 

porquinho-mealheiro-no-celeiro-em-ceramica-14-x-12

Nos dias de hoje o que mais se encontra são conselhos infinitos sobre toda a espécie de caminhos a seguir para poder obter o mais possível de resultados positivos em relação ao lucro com nosso rendimento mensal.

Como diz o proverbio: quem ganha um e gasta dois não tem para depois.

Muito já li sobre como obter o máximo de proveito do orçamento mensal. Tudo o que li ou quase tudo, para mim não trouxe muita novidade para além dos meus utilizados para economizar. Contudo vou tentar vos transmitir algumas das minhas experiências.

No início do ano de 2016 optei por uma poupança, a chamada por várias pessoas que se debruçam sobre esta matéria: "poupança das 52 semanas".

Esse sistema de poupança consiste em utilizar um recipiente (usei um frasco), e elaborei uma falha no Excel onde numerei as 52 semanas e optei pela poupança do valor de 1 euro a somar ao valor da semana anterior.

IMG_20170408_174037.jpg

O resultado é muito bom principalmente se chegar ao fim do seu objectivo. Eu fiquei pelas 41 semanas; como se devem recordar estou desempregada. Essa poupança foi-me possível fazer enquanto estive a trabalhar através do IEFP, e com o pouco dinheiro que recebi da bolsa fiz a minha poupança. Uma das formas que utilizei foi de sempre que possível poupar o valor das últimas semanas, pois á medida que aumenta o número de semanas aumento o esforço de poupança também aumenta. Em cada semana de poupança ia sublinhando para saber que já tinha o dinheiro no frasco e assim por diante. 

IMG_20170408_174004.jpg

Agora perguntam se valeu a pena. Claro que sim e muito. Consegui poupar 1200 euros que neste ano estou a utilizar nas minhas despesas que não estavam programadas. 

IMG_20170408_174037.jpg 

 Vale sempre o esforço de poupar, a recompensa vem a seguir. 

 

BOAS POUPANÇAS

CORPETE PARA BIQUINI EM CROCHÉ

 

 

 

IMG_20170406_173923.jpg

O mundo do artesanato é infinito, e o do croché não tem limites. 

Nunca tinha feito até então qualquer trabalho em croché que fosse biquini, no entanto  a ideia sempre me agradou e vai daí que tinha de sair um, fosse quando fosse. 

O post de hoje é o corpete (bojo) para biquini.

Fiz da seguinte maneira, e espero vos transmitir o mais esclarecidor possível.

IMG_20170406_101413.jpg

 

MATERIAL

 

Usei:

linha de algodão COATS ANCORA nº 6 

agulha de crochê 1,5

 

CONFECÇÃO 

 

COPA (BOJO)

Uma corrente com 25 pontos.

Contrar 3 correntes e na 4ª corrente fazer ponto alto, e continuar todas as correntes em ponto alto. No último ponto fazer mais 1 ponto alto, uma corrente com 2 pontos e continuar no outro lado com o aumento é toda a carreiras sempre em ponto lado.

Virar o trabalho e fazer ponto alto até ao final da carreira, e no buraquinho fazer 1 ponto a um cordão com 2 malhas e  restante carreira sempre em ponto alto. Muito importante de referir é que quando se pega no ponto debaixo, pega-se sempre na argolinha do lado de trás, para fazer efeito de relevo. Repetir este processo por 11 carreiras, (podem ser menos depende do ponto).

IMG_20170403_175307.jpg

Na 12ª carreira fazer uma corrente com 5 malhas, contar 3 pontos da carreira debeixo e fazer 1 ponto alto, fazer um cordão de 2 malhas, contar 2 pontos altos da carreira debaixo e fazer um ponto alto. Repetir este processo até ao final da carreira.

Virar o trabalho, fazer 2 corrente, 2 pontos altos dentro das argolilhas da carreira debaixo, 2 correntinhas e fechar no ponto alto da carreira debaixo com um ponto baixo. Repetrir este processo em quase toda as carreira, menos nos  últimos 4 buracos da carreira debeixo que vão unir aos da outra copa (bojo).Arrematar. 

IMG_20170404_103432.jpg

Fazer a outra copa (bojo) igual, mas quando fôr a começar a última carreira, a do picotado, deixar 4 buraquinhos da carreira debaixo por fazer e começar só no 5º buraquinho. 

IMG_20170404_145043.jpg

Terminada a carreira de picotado, fazer um cordão com 100 correntinhas, virar, contar 2 correntinhas e fazer 1 ponto baixo. 

IMG_20170404_152320.jpg

Fazer o cordão todo em ponto baixo, e continuar em ponto baixo pela copa (bojo), juntar a outra copa (bojo) e continuar até ao fim sempre em ponto baixo. De seguida fazer um cordão com 100 correntinhas, virar e fazer tudo em ponto baixo, arrematar.

Nos 4 buraquinhos no meio do corpete (bojo), passar em cada malha a linha de um lado para outro para unir ambos os lados.

IMG_20170404_144932.jpg

Bem no topo do corpete  (bojo), fazer um cordão com 100 correntinhas virar e fazer tudo em ponto baixo, arrematar. Repetir do outro lado.

IMG_20170404_155004.jpg 

Na parte inferior do corpete (bojo) vamos fazer uma barra de arremate da seguinte forma:

Com o trabalho do avesso virado para nós, e no cordão contrar 60 malhas. Colocar um cordão com 5 correntinhas e conto 2 malhas do cordão e na 3ª malha faço um ponto alto, mais um cordão de 2 pontinhos, conto  2 malhas e na 3ª malha faço um ponto alto. Repetir este processo por todo o carpete (bojo), e nas 40 malhas do outro cordão.

IMG_20170404_161452.jpg

Virar o trabalho fazer um cordão de 5 correntinhas e 1º ponto alto da carreira debaixo fazer um ponto alto, fazer um ponto alto no ponto alto seguinte, fazer 2 correntinhas e mais um ponto alto no mesmo ponto alto da carreira debaixo, por forma a ficar com efeito de "V". Repetir este processo até ao fim da carreira. Fazer este processo por mais 3 carreiras (pode fazer mais se assim desejar).

IMG_20170404_165759.jpg 

A última carreira faz-se da seguinte maneira: uma correntinha de 5 pontos tar 2 e prender com ponto baixíssimo de forma a ficar com efeito de picotado, fazer ponto alto. Meter no efeito com "V" 5 pontos altos com picotado. Passar diretamente para o "V" seguinte e repetir o mesmo processo até ao final do trabalho.

 

IMG_20170406_173830.jpg

Pode se desejar aplicar adornos nos cordões. 

Quem quiser pode costurar copas (bojo), para o biquini ficara mais consistente.

 

BONS TRABALHOS PARA VOCÊS. 

Espero que tenham gostado.

 

 

CARAPIM (BOTINHA) DE AGASALHO - EM TRICÔ

IMG_20170328_161412.jpg

 

Fazer carapins (botinha), deixa-me feliz. São pequenas peças com lindos resultados.

Vou passar a descrever o passo a passo deste carapim.

Coloco 15 pontos na agulha de tricô. A primeira carreira e todas as ímpar, que neste caso fica o direito, faz-se: 3 liga (tricô), 2 meia, 5 liga (tricô), 1 laçada, ponto junto de 2 liga (tricô), 3 liga (tricô). As carreiras que são pares fazem-se todas em liga (tricô).

Pelo avesso e na 16ª carreira arrematar 5 malhas e tricotar as restantes até ao final em ponto liga (tricô). Essa carreira fica com 10 malhas de tricô.

Virar o trabalho pelo direito e tricotar 3 liga (tricô), 2 meia, 5 liga (tricô),

As pares são sempre só em liga (tricô).

Quando tiver um total de 18 carreiras, pelo lado avesso aumentar 5 malhas e tricotar as restante 10 malhas.

Virar e repetir o mesmo processo do lado direito: 3 liga (tricô), 2 meia, 5 liga, 1 laçada, ponto junto de 2 liga (tricô),

As impar são em liga (tricô). 

IMG_20170327_095531.jpg

 

IMG_20170327_155346.jpg

 

Tricotar por mais 14 carreiras. Arrematar na 15ª carreira.

Costurar o carapim (sapatinho) pelo lado de trás e solinhas. Com agulha de tapeçaria passa pelos pontos nas malhas de cima do peito do pé e puxar pela lã para as franzir. Fazer um cordão, ou colocar uma fita á vossa escolha no espaço do passa fitas. 

Para fazer outros tamanhos só necessita de aumentar as malha em proporção aos motivos do carapim (botinha).

 

 

IMG_20170328_161235.jpg

 

 

CARAPIM EM CROCHÉ - MODELO T

 

IMG_20170329_152247.jpg

 

Num dos meus anteriores posts, publiquei um modelo de carapim em tricô, ao qual chamei MODELO T. Agora trago o mesmo modelo, mas confecionado em croché.

A confeção é também muito simples: 

Fazer 39 pontos de croché, virar o trabalho e fazer 39 pontos todos em ponto baixo. Repetir por 9 carreiras sempre em ponto baixo e arrematar.

Contar 16 malhas e fazer 7 pontos baixos. Virar o trabalho e fazer mais 11 carreiras todas em ponto baixo, arrematar.

IMG_20170329_105901.jpg

 

IMG_20170329_104639.jpg 

 Costurar pelo avesso da seguinte maneira: unir uma das extremidades mais longas com a mais curta e costurar de ambos os lados e repetir o processo para o outro lado. Virar o carapim para o lado correto.

Depois de costurado e de virar para o lado correto fiz um pequeno rebordo em volta do carapim em ponto picotado: 2 pontos baixos, um cordão de 2 pontos, fechar a correntinha anterior e repetir desta maneira até à ponta do carapim.

Ficando então com um efeito de picotado.

Pode também fazer outro tipo de adorno se preferir.

Estes carapins podem ser feitos em vários tamanhos, é só fazer os respetivos aumentos de pontos.

IMG_20170329_152446.jpg