Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ArtesanatoCinda

Querer é poder. E aqui estou eu.

ArtesanatoCinda

Querer é poder. E aqui estou eu.

CASAQUINHO PARA BEBÉ EM CROCHÉ

 

 

 CASAQUINHO PARA BEBÉ (SEM MANGA), EM CROCHÉ

18920379_453645245015336_7739119718317362589_n (3)

Quando fiz este casaquinho, a mãe da bebé ficou encantada com o efeito dele sem mangas, e daí ter ficado assim. Adorei o efeito final.

 

Vamos assim dar início á sua confeção.

Lã fofa para bebé, agulha de croché nº 2.

Fazer um cordão com 88 pontos.

Vamos ter 14 correntinhas para cada espaço destinado as mangas, 14 correntinhas para cada frente e 33 para a costa.

Contrar 3 correntinhas e na 4ª fazer o primeiro ponto alto, e repetir todas as correntes com pontos altos.

Subir com 3 correntinhas e fazer 14 pontos altos, e neste último fazer 2 correntinhas e fazer 1 ponto alto na correntinha do anterior ponto alto; continuar com mais 14 pontos altos e fazer 2 correntinhas e de seguida fazer um ponto alto dentro da correntinha do ponto alto anterior. Assim temos o início de uma frente e de uma manga. Continuamos a fazer 33 pontos altos e de seguida 2 correntinha e 1 ponto alto na correntinha do ponto alto anterior, ficando assim as costas prontas para o casaquinho. Fazemos mais 14 pontos altos, 2 correntinhas e 1 ponto alto na correntinha do ponto alto anterior e temos outra frente. Repetir fazer 14 pontos altos e ficamos com mais uma frente. 

Subir 3 correntinhas que conta como ponto alto, e fazer ponto alto nos pontos altos da carreira debaixo; quando chegar onde tinha as divisões (abertura) com as correntinhas fazer 1 ponto alto dentro do buraquinho, mais 2 correntinhas, 1 ponto alto dentro do buraquinho e continuar ponto alto para cada ponto alto da carreira debaixo. Repetir assim até ao final desta carreira. Assim fazemos sempre 1 ponto alto de aumento em cada lado do casaquinho.

Vamos passar para a carreira da composição dos braços, costa e das frentes.

IMG_20170618_185308.jpg

(Foto de outro trabalho mas o mesmo modelo) 

Fazer  pontos altos até ao 1º espaço e aí fazemos 1 ponto alto dentro desse espaço em vez de 2 correntinhas fazer 10, e fazer um ponto alto dentro do espaço a seguir, continuar ponto alto sobre o ponto alto da carreira debaixo; assim temos o molde de uma manga. Quando chegar ao próximo espaço de 2 correntinhas, fazer 1 ponto alto  10 correntinhas e 1 ponto alto dentro do último espaço, continuar com ponto alto até ao final da carreira.

A seguir fazer a carreira de passa fita. Fazer um cordão com 3 correntes que será o 1º ponto alto dessa carreira, fazer 2 pontos altos no mesmo buraco, cordão com 3 correntes e mais 3 pontos altos dentro do mesmos espaço.

IMG_201706170_023311.jpg

(Foto de outro trabalho mas o mesmo modelo)

Continuar até ao final da carreira com 3 pontos alto, 3 correntes e 3 pontos altos no mesmo espaço , até ao final da carreira, fazendo um modelo de leque.

Repetir todas as carreiras desta forma, até ao tamanho pretendido .

18893276_453645498348644_7123805650627880975_n (2)

Após terminar todas as carreiras coloquei fita no passa fitas e costurei 3 botões pérola. 

18921752_453645538348640_5097621668717205575_n (7)

 Espero que gostem. Bons trabalhos. 

 

 

 

 

GOLA DE TRICÔ EM PONTO MUSGO

 

GOLA DE TRICÔ EM PONTO MUSGO 

 

 

 

IMG_201711331_031952.jpg

 

GOLA DE TRICÔ EM PONTO MUSGO

 

 

Fazer tricô é uma boa terapia, e vai daí, num daqueles dias em que precisamos de fazer alguma coisa e não sabemos o quê, lá se vai ao cestinho das lãs ver o que por lá temos, e o que se pode fazer.

Encontrei dois novelos de lã e um pompom que sobraram de um trabalho anterior, e assim pensei dar-lhe uma utilidade.

Uma gola, vamos lá:

 

Material:

2 novelos de lã (100gr)

2 agulhas de tricô nº 7

1 agulha de tapeçaria 

 

Confecção:

 

Coloquei 30 malhas na agulha.

Iniciei com ponto liga (tricô)

As retantes carreira foram em liga (tricô).

IMG_20171124_143947.jpg

Tricotei até ter o comprimento de 56 cm.

Arrematei e costurei as extremidades, com agulha de tapeçaria.

Coloquei um pompom, e aqui temos uma gola muito fofinha para criança.

Esta gola, é um trabalho super simples, em que qualquer iniciante pode fazer uma lindissima peça de agasalho.

IMG_201711331_031952.jpg

Espero ter-vos trazido uma ideia bonita e util.

SANDÁLIA - SAPATINHO, EM CROCHÊ PARA BEBÉ

 

  SANDÁLIA - SAPATINHO, EM CROCHÉ

IMG_20170816_222129.jpg

 SANDÁLIA - SAPATINHO, EM CROCHÉ

 

Este modelo de sandália-sapatinho, é confeccionado em croché e ficou uma autêntica maravilha, daí tenho o enorme prazer de partilhá-lo convosco.

 

Para este trabalho usei linha de algodão  e acrílico.

Agulha número 2

A flor foi confeccionada por BEELIEVE: https://www.facebook.com/BeelieveByDeboraMoreira/, (uma mão cheia na arte do artesanato de bebé)

Confecção:

Tamanho 18-20

- 25 correntinhas

- Contar 3 correntinhas e fazer 1 ponto alto. As restantes correntinhas fazem-se todas com pontos altos Quando chegar na última  correntinha, fazer 6 pontos altos e continua-se em ponto alto até ao fim, repetindo mais 6 pontos altos na outra extremidade,

- Sobe 3 correntinhas que vai contar como um ponto alto, e faz-se um ponto alto para cada ponto alto da carreira de baixo e quando chegar nos pontos dos aumentos faz-se 2 pontos altos em cada ponto alto da carreira debaixo, continuamos com os pontos altos até ao outro lados dos aumentos e aí voltamos a fazer 2 pontos altos em cada ponto alto do aumento da carreira debaixo.

- Na 3ª carreira fazemos os aumentos, 1 ponto alto, 2 pontos altos, por 5 pontos de aumento.

- Já com a sola concluída, subo 3 correntinhas, que vão servir de 1 ponto alto e continuo toda a carreira com ponto alto, mas com um pormenor, pegar a correntinha da parte debaixo, na argolinha de trás, para formar um ponto de relevo da bolinha.

 -Nesta carreira vamos dividir a solinha do sapatinho para fazer a pala, e assim contamos 5 pontos para cada lado, e faço 3 pontos baixíssimos. Na próxima carreira faço 10 pontos baixos, e assim temos a primeira carreira de pontos baixos.

-A próxima carreira é de 10 pontos altos.

-Vamos  fazer uma sequencia de carreiras, ponto baixo-ponto alto, até termos um total de 4 carreiras em ponto alto.

-Quando terminar-mos esta sequencia de carreiras, fazemos 5 carreiras de pontos baixos, depois 1 de ponto alto e finalizo com 2 carreiras de ponto baixo e arrematar.

-Agora vamos dividir os pontos para fazer as correntes, da seguinte forma:

no primeiro ponto do inicio da pala, da-se 1 espaço, e no próximo ponto pomos uma marcação, depois contamos 4 pontos e no próximo pomos uma outra marcação e repetimos esta sequência por mais 3 vezes para podermos fazer 4 tiras do sapatinho. Contamos 3 pontos para dar início ao calcanhar e marcamos de preferência com outra cor. 

Repetir esta sequência no outro lado do sapato, conforme foto. 

IMG_20170724_190117.jpg

-De seguida vamos fazer as correntes a partir das respectivas marcações:

A quantidade de pontos, vai variar da 1ª até à 4ª corrente.

A primeira faz-se com 20 pontos, contando já com 3 correntes para virar e continuamos sempre em ponto alto, até ao final da corrente, e terminamos com ponto baixíssimo no local aonde temos a 1ª marcação.

Vamos fazer ponto baixíssimo onde havíamos deixado 1 ponto de espaço.

A próxima correntinha vai ter 25 pontos, contando com 3 para ser o 1º ponto alto desta correntinha, e continuamos a fazer igual à correntinha anterior, fechando também com ponto baixíssimo e o ponto de espaço também é com ponto baixíssimo.

A 3ª correntinha vai ter 27 pontos e repete-se igual à anterior.

Na 4ª correntinha vamos fazer 30 pontos e o processo é o mesmo.

IMG_20170723_145956.jpg

Após termimar-os as 4 correntinhas continuamos em ponto baixissimo até á marcação que temos para dar inicio ao calcanhar. Nesta posição vamos subrir com 1 ponto e continuamos em ponto baixo até á marcação que temos do outro lado. Vamos então fazer 11 carreiras em ponto baixo, para assim formar o calcanhar, fazemos 30 correntinhas e subimos contando 3 correntinhas e na 4ª fazemos ponto alto e continuamos sempre em ponto alto, aí unimos com ponto baixissimo e arremato. assim temos o fecho do pé direito.

Para o outro pé, primeiro passamos com ponto baixissimos e só depois fazemos as correntes. 

Agora vamos passar as tiras pela pala, contamos 2 pontos altos e passanos as tira por pontos alternados e  vamos arrematar nas marcações que estão do outro lado.

As tirar devem de passar sempre alternadas umas das outras.

IMG_201708226_060532.jpg

IMG_201708226_060645.jpg

IMG_20170816_222053.jpg

 Espero ter sido esclarecedora e vos possa auxiliar a fazer um bom trabalho.

 

CARAPIM - SAPATINHO EM CROCHÉ, PARA BEBE

 

CARAPIM - SAPATINHO COM LAÇO, PARA BEBÉ

CARAPINS CROCHE 04.jpg

Uma vez mais deliciada com coisas fofas para bebé, cá saiu este modelo de carapim-sapatinho.

Para fazer este carapim comecei:

 

1) 14 correntinhas
 
2) Na 1ª carreira, subir com 3 correntinhas que conta como 1 ponto alto, e fazer todos os pontos até ao final da carreira em pontos altos. Na última argolinha desta carreira fazer 6 pontos altos, para dar o formato do pézinho. Continuar sempre em ponto alto até ao outro extremo do pézinho e fazer 6 pontos altos na mesma argolinha.
 
3) Fazer uma correntinha com 3 argolinhas, que vai ser considerado 1 ponto alto da 2ª carreira, e continuar com pontos altos até ao 1ª ponto alto onde estão os 6 pontos juntos da crreira debaixo, e para cada um desses pontos fazer 2 pontos altos e continuar do outro lado com um ponto alto para cada ponto da carreira debaixo. Na outra extremidade onde tem 6 pontos altos juntos da carreira debaixo, fazer 2 pontos altos em cada ponto alto da carreira debaixo, para ficar o aumento para o formato do pézinho.
 

4) Faz-se 2 argolinas, que conta como 1 ponto baixo duplo, e continua-se em ponto baixo duplo até ao início dos aumentos da carreira debaixo. Aí nesta posição, faz-se 2 pontos baixos duplos para um ponto alto da carreira debaixo e 1 outro ponto baixo duplo, ou seja 2 pontos baixos duplos-1 ponto baixo duplo, repetir até totalizar os aumentos do formato do pé.

 

5) Fazer 3 correntinhas que vai contar como 1 ponto alto, e continuar toda a carreira em pontos altos sem fazer qualquer aumento. Esta carreira tem uma pequena particularidade, o ponto alto deve de apanhar a argolinha detrás do ponto da carreira debaixo.

 

6) Subir com 3 argolinhas que vai contrar como um ponto alto, e continuar toda a carreira em ponto alto sem qualquer aumento.

 

7) Está carreira é a primeira das diminuições que vão dar forma ao peito do pé e faz-se em pontos altos. Espalma-se o carapim para poder calcular as malhas para se fazerem as diminuições. Contrar 7 pontos altos para cada lado e fazer 2 pontos altos juntos, fazendo assim 7 diminuições e continuar em ponto alto até ao final da carreira.

 

8) Fazer 1 argolinha que vai contrar como 1 ponto baixo, e fazer ponto baixo aé 2 pontos antes das diminuições da carreira debaixo e aí fazer as diminuições até 2 pontos  depois das diminuições da carreira debaixo. Continuar até ao fim da carreira com ponto baixo.

 

9) Fazer 1 correntinha que vai contrar como ponto baixo e continuar até ao fim da carreira sempre em ponto baixo. Esta carreira não tem diminuições.

IMG_201705149_050359.jpg 

10) Fazer 1 correntinha que conta como ponto baixo, e continuar com mais 5 pontos baixos; fazer um cordão com 16 argolinha, contar 3 e fazer ponto alto pela correntinha, unir-se ao ponto baixo e continuar até ao fim da carreira sempre em ponto baixo. Nota no outro carapim a tirinha faz-se do outro lado e ter em atenção o alinhamento do outro carapim. 

IMG_20170529_162650.jpg

11) Faz-se 12 correntinhas, vira-se conta-se 3 que já vão contar como um ponto alto e fazer mais 8 pontos altos. Continuar os os 9 pontos altos por 12 carreiras. 

 

12) Unir as extremidades e franzir. 

 

Costurar os carapins - sapatinhos e colocar botões (ou outra aplicação a gosto) e colocar os laços.

IMG_201705149_063557.jpg

CARAP.jpg

IMG_20170530_133408.jpg

 Espero que façam bom trabalhos.   

 

CARAPIM (SAPATINHO) DE BEBÉ EM TRICÔ

             CARAPIM EM TRICÔ 

IMG_201705136_060301.jpg

Adoro fazer carapins (sapatinhos) de bebé, e depois de ver uma receita no grupo do facebook "Mãos ativas, só tricô, não resisti e vai daí mãos à obra.

Assim também venho partilhar convosco a receita que deu origem a este par de carapins (sapatinhos).

 

LEGENDA:

 

L = LAÇA

T = TRICÔ 

JM = JUNTO MEIA

JT = JUNTO TRICÔ 

MD = MATE DUPLO

 

 

MATERIAL

 

LÃ PARA BEBÉ  

AGULHA 2,75

 

Colocar 29 pontos na agulha. 

 

1ª Parte

 

1) 1T-1L13T-1T -[1T ] -1L-13T-1L-1T

2) 1T-1M-1L-13M-1L- [3M ]-1L-13M-1L-1M-1T

3) 3T-1L-13T-1L- [5T ] -1L-13T-1L-3T

4) 1T-3M-1L-13M-1L- [7M] -1L-13M-1L-3M-1T

5) 5T-1L-13T-1L- [9T] -1L-13T-1L-5T

6) 1T-5M-1L-13M-1L- [11M] -1L-13M-1L-5M-1T

 

Nesta altura do trabalho temos um total de 53 pontos na agulha.

 

IMG_201705131_041839.jpg

2ª Parte

 

Fazer 12 carreiras em liga (tricô).

 

3ª Parte

 

1) 18T-2JM-1L-2JM- [9M] -2JM-1L-2JM-19T

2) 17T-1T-2JT-1L-2JT- [7T ] -2JT-1L-2JT-1T-17T

3) 16T-2M-2JM-1L-2JM- [5M ] -2JM-1L-2JM-2M-16T

4) 15T-3T-2JT-1L-2JT- [3T ] -2JT-1L-2JT-3T-15T

5) 14T-4M-2JM-1L-2JM- [1M ] -2JM-1L-2JM-4M-14T

6) 12T-2JT-6T-1L- [1MD] -1L-6T-2JT-12T

7) 10T-2JM-17M-2JM-10T

 

4ª Parte

 

Fazer 6 carreiras em liga (tricô), e arrematar. 

Na última carreira pode optar por tecer um fio de látex, para que o carapim (sapatinho), possa ficar mais justo ao pé do bebé.

 

 

IMG_201705133_063914.jpg 

IMG_201705136_052020.jpg

Como adorno fiz uns pompons, e utilizei um garfo que serviu de medida.

IMG_201705136_060258.jpg

 Espero que esta receita seja esclarecedora e do agrado  de todos os leitores.

 

 

GOLA EM CROCHÉ

GOLA DE CROCHÉ 

 

IMG_201705125_042156.jpg

 É sempre gratificante acabar os nossos trabalhos. Nem sempre as coisas não são trabalhosas e complicadas de fazer merecem ser publicadas. O post de hoje é exemplo disso mesmo. Assim sendo, não quero complicar com muita explicação o que é super simples.

Trata-se de uma gola para adulto, que tanto pode ser usada por mulher como por  homem.

Fiz com lã de cor preta, mas ficará sempre bem em qualquer outra cor.

 

Material 

agulha de croché 

  

Fiz um cordão de 100 argolinas (pode ser o tamanho que quiser), fechei o mesmo.

Subi com um cordão de 2 argolinhas, que vai contar já como 1 ponto, e fiz toda a carreira em ponto meio alto.

Fechei a carreira e subi com 2 argolas em que conta como uma malha, e continuei a mesma em ponto meio alto, só que ao fazer o ponto a agulha deve de pegar a laçadinha detrás do ponto da malha da carreira debaixo, para ficar com forma de canelado.

IMG_20170407_174648.jpg

IMG_20170425_113219.jpg

 Fazer sempre da mesma forma até ao nº de carreiras desejado.

O efeito final é de canelado pelo direito e pelo avesso o ponto fica com aspecto de ponto de arroz do tricô.IMG_201705125_041722.jpg

Espero que gostem do produto final, como eu gostei, pois a peça fica muito mais bonita ao vivo. 

 

IMG_201705125_042156.jpg

 Bons trabalhos. 

 

 

FITA (TIARA) PARA BEBÉ EM TRICÔ COM FLOR DE CROCHÉ

 FITA PARA CABELO DE BEBÉ

IMG_201704119_041825.jpg

Hoje trago-vos uma fita (tiara), para bebé em lã, e utilizei o tricô e o croché para a confeccionar.

 

Material

 

lã para bebé 

agulhas de tricô nº 3,5

agulha de croché nº 2

agulha de tapeçaria

 

Confecção:

Fita (tiara)

Colocar 10 malhas na agulha de tricô.

Fazer uma malha em meia a seguinte em liga (tricô), e repetir esta sequência meia - liga até ao final da carreira. 

Na carreira seguinte fazer da seguinte maneira: se a carreira debaixo foi meia agora faz liga (tricô). Fazer sempre os pontos contrários, - liga - meia- liga -meia.

Fiz por aproximadamente 34 cm de comprimento o ponto de arroz.

Costurei e franzi.

 

IMG_201704119_041921.jpg

Flor 

Fiz uma correntinha de 5 pontos e fechei para que fica-se uma argola. Subi com 3 correntinhas, que contou como um ponto alto, fiz mais 2 pontos altos e 2 correntinhas e fechei na argola. Fiz assim a primeira pétala da flor. Repeti da mesma sequência por mais 3 pétalas e arrematei com ponto baixíssimo. De seguida fiz 3 correntinhas e por detrás de cada ponto baixo das pétalas prendi em ponto baixíssimo, ficando assim mais 4 correntes. Subi 3 correntinhas e repeti o mesmo processo da carreira das pétalas mas agora levou 3 pontos altos.

O procedimento é sempre o mesmo, com um aumento de mais 1 ponto alto em cada carreira de pétalas.

Após as 4 carreiras de pétalas, arrematei e costurei a flor na fita (tiara).

Espero que tenha sido clarecedor esse post, e que consigam fazer bons trabalhos.

IMG_201704119_103148.jpg

 

IMG_201704119_041825.jpg

 

 

CARAPIM MODELO T E FITA (TIARA) PARA BEBÉ EM TRICÔ

IMG_20170327_095614.jpg

 

IMG_20170327_095754.jpg

Hoje trago-vos um carapim (sapatinho) modelo T em tricô. Pode encontrar esta receita num post publicado anteriormente, com o mesmo nome.

Neste conjunto apliquei um pompom.

O pompom para este carapim (sapatinho), fiz da seguinte maneira:

- com um garfo (porque o pompom é muito pequenino) como medida. Enrolei umas 30 voltas aproximadamente e prendi com uma ponta de lã e fiz um nó bastante apertado. Aparei as pontinhas da lã e coloquei-o com a ajuda de uma agulha de croché, e dei uns nós na lã.

 IMG_20170327_095708.jpg

A fita (tiara) fiz da seguinte maneira:10 pontos na agulha, e a primeira e restantes carreiras em ponto liga (tricô), por aproximadamente 33 cm de comprimento.

Costurei as extremidades e franzi.

Por último apliquei um pompom igual ao do carapim (sapatinho).

Assim ficou um lindo conjunto de menina.

Espero que tenha sido esclarecedor este post, e tenha gostado.

Bons trabalhos.

IMG_20170327_095614.jpg

 

CARAPIM (BOTINHA) PARA BEBÉ EM TRICÔ - MODELO LEQUE

 

FB_IMG_1490304719492.jpg

Estes carapins (botinhas), são ótimos agasalhos.

Carapins (botinhas), para mim são peças tão queridas e, quando estou com um trabalho desses em mãos, sinto uma infinita doçura por ele.

Hoje vou descrever como fiz este carapim (botinha), qualquer pessoa pode fazê-lo, mesmo que tenha pouca experiência, pois é muito simples.

 

MATERIAL

 

Lã para bebé - duas cores á escolha

Agulha de tricô 3,5

Agulha de tapeçaria 

 

Este par de carapins (botinhas), as medidas são para bebés dos 6-9 meses. Podem ser feitos para qualquer idade, é só diminuir ou aumentar o número de malhas.

Colocar 30 malhas na agulha de tricô. 

Fazer a carreira a seguir toda em liga (tricô).  

Continuar a fazer o mesmo ponto, por um total de 66 carreiras. Terminadas essas carreiras ficamos com um de ponto musgo.

Agora arrematamos 12 malhas e trocamos a cor da lá. Fazemos 18 malhas de liga (tricô), viramos o trabalho e mais 3 carreiras iguais.

Na próxima carreira trocamos a lã para a cor inicial e fazemos as 18 malhas da seguinte maneira: pelo lado direito do trabalho fazemos 5 carreiras em ponto meia e 3 carreiras em ponto liga (tricô) pelo avesso.

Continuamos este processo por um total de 5 trabalhos de relevo em ponto musgo, e 4 trabalhos de relevo ponto meia. Arrematamos o trabalho e está pronto a ser costurado.

Costuramos a sola do carapim (botinha), e a parte do relevo com a lateral do .

Em ponto de alinhavo franfrir o peito do pé.

Fazemos 2 cordões pelo tamanho desejado e prender na parte detrás do carapim (botinha) com um pequeno ponto de costura. Nestes cordões coloquei uma pérola nas extremidades.

Espero que façam um bom trabalho. 

Se gostaram, por favor inscreva-se no meu blogue, para poder receber outras publicações.

FB_IMG_1491510848835.jpg

BONS TRABALHOS 

 

GORRO E CACHECOL DE CRIANÇA EM CROCHÊ

FB_IMG_1492532699061.jpg

 Como o tempo ainda convida ao uso de agasalhos, vou deixar aqui mais uma receita, mas desta vez de um gorro e um cachecol de lã feito em croché.

Podem visitar pagina :

https://www.facebook.com/ArtesanatoCinda

 

MATERIAIS:

- lâ 

- agulha nº4

 

RECEITA

 

GORRO

 

FB_IMG_1492532666642.jpg

 - 5 correntes, e faz-se um circulo

1ª carreira - 20 pontos altos dentro do circulo

2ª carreira - 1 ponto alto, 1 ponto relevo (o ponto relevo é feito a apanhar o ponto que está na carreira debaixo a meio). Repete-se até ao fim da carreira;

3ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, seguido de 2 pontos altos. Repete-se esta sequencia ate ao fim da carreira.

4ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, 1 ponto alto em cima de cada ponto alto da carreira debaixo;

5ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, 2 pontos altos em cima nos pontos da carreira debaixo mais 1 ponto alto a seguir, e repete-se até ao final da carreira;

6ª carreira - 1 ponto relevo em cima do ponto relevo da carreira debaixo, e 3 pontos altos em cima dos pontos altos da carreira debaixo,e repet-se até ao final da carreira;

Faz-se de seguida 6 carreira iguais á 6º até chagar á barra do gorro.

Assim a carreira da barra é:

1ª - carreira - 9 meios pontos e no 10º pontojunto com o anterior para formar 1 ponto só e ficar uma diminuição. Este processo repete-se até ao fim da carreira.

Faze-se mais 3 ou quatro carreiras em pontos meio.

 

FLOR 

 1ª - 5 correntes

2ª - 16 meios pontos

3ª - faz-se 3 correntes, conta-se 3 pontos da carreira debaixo e fecha-se com ponto baixo

4ª - dentro da correntinha da carreira de baixo faz-se 1 ponto baixo , 3 pontos altos e 1 ponto baixo. repete-se este processo em toda a carreira

5ª - faz-se 4 corrente e prende-se no espaço baixo da carreira debaixo por detras da mesma, reperte-se até ao final da carreira

6ª - dentro da correntinha faz-se, 1 ponto baixo, 4 pontos altos e 1 ponto baixo,Repete-se até ao final da carreira.

remata-se, e temos a flor pronta.

 

 

CACHECOL

 

FB_IMG_1492532684295.jpg

1ª - Corrente com 24 pontos

2ª - carreira, 20 meios pontos

3ª - carreira, toda em pontos altos

4ª - carreira, 3 pontos altos 1 ponto relevo, repete-se até ao fim da mesma forma

5ª - carreira, 3 pontos altos  1 ponto relevo, mas apanha-se o ponto debaixo pelo avesso, repete-se até ao final da carreira

Repetem-se as carreiras até ao tamanho desejado

6ª - carreira, em ponto alto

7ª - carreira, 2 carreiras em meio ponto.

 

thumbnail_IMG_1068.jpg